1 de jul de 2013

O que eu faço realmente?

Olá!

E não é que estou mantendo um ritmo nas postagens?
Veremos até quando! rsrsrs

Semana passada eu tive o prazer de me deparar um com texto de umas das artistas do meio do scrapbooking que traduziu exatamente o que eu faço e resolvi me inspirar no texto dela para a minha postagem de hoje.

Estou falando da Juile Fei-Fan Balzer, e o texto dela na íntegra você poderá ler aqui.

Muitas pessoas definem meu trabalho como: “ela fica o dia todo na frente do computador conversando, no facebook, vendo filmes…”, ou seja, o fato de eu trabalhar em casa faz de mim uma pessoa pouco produtiva, que faz corpo mole e que não gosta de trabalhar fora de casa.

Bem, até que em um ponto não estão errados, eu não tenho mais tolerância para ser mandada por pessoas que sabem menos que eu, ou que abusam do meu profissionalismo ou que eu tenha que “pagar” para trabalhar considerando os salários ultimamente e o preço para me manter todos os dias no trabalho.

Sendo assim para quem pensa e fala além do que deveria usarei o esclarecedor texto da Julie para enumerar exatamente o que faço todos os dias!

Olá meu nome é Marcela pode me chamar de Ma, e sou incorrigivelmente workaholic!

Sempre falo para quem quer ouvir, a pessoa que trabalha em casa sempre trabalha mais do que as que saem todos os dias para cumprir com seus compromissos profissionais.
Isso é fato!

Porque quando trabalhamos naquilo que gostamos, perdemos a noção do tempo, mesmo não gostando do projeto se temos prazos para cumprir perdemos a noção.
Não temos hora certa para parar, para iniciar até temos, mas o parar… Já virei a noite trabalhando.
Adoraria ficar como imaginam que fico, dormindo até tarde, navegando à toa, assistindo filmes/series durante o dia, ficar jogando no facebook, tagarelando com as amigas no skype sem ter com o que me preocupar.
Confesso que é uma situação tentadora, só que não é bem assim!
Como disse sou workholic, e isso muitas vezes se torna um fardo, pois apesar do meu esforço contra, não tenho vida social.
Quantas festas familiares, reuniões com amigos, curtição com namorado eu já perdi?
Sério que tento deixar esse meu jeito de lado, mas é difícil.

Faço muita coisa, mas na verdade tenho pessoas me ajudando.
Tenho um grande equipe!

Isso mesmo, tenho uma equipe enorme composta por uma única pessoa: EU!!

Sim eu me viro sozinha, desenho, confecciono, falo com fornecedor, faço compras, orçamentos, atendo clientes, respondo dúvidas online de alunas, atualizo meu facebook e a fanpage em tempo real… porém devo assumir que conto com muitos amigos online que de alguma forma me ajudam, não posso esquecer do sr. Figura (Emilio) que tem sido um parceirão nas ferramentas de encadernação confeccionado-as pra mim, mas no geral sou eu e eu no comando de tudo.

Passo mais tempo no computador do que em qualquer outro lugar.

Isso é verdade, verdadeira não nego de forma alguma!
A internet pra mim é minha fonte de aprendizado e inspiração sendo assim vivo nela.
Além disso vou citar exatamente como a Julie o que faço na frente do computador.

Quem sabe agora as pessoas entendam e não me julguem mais. hahahaha

  1. Eu desenho meus próprios kits digitais e tudo que envolve a identidade visual da minha loja.  Que significa isso?
    Significa que eu mesma faço a identidade visual da minha marca, bem como toda a propaganda, divulgação dos produtos.
    Eu mesma desenho no Ilustrator meus kits, escolho as cores, as estampas, o tema, e como sou perfeccionista fico horas, dias elaborando cada um.
  2. Eu mantenho o meu blog e loja.  Tenho tentado manter o blog atualizado, mas tenho falhado muito com ele, porém a loja sempre tenho que estar de olho acompanhando as vendas, respondendo as dúvidas, dando feedback para o cliente durante sua compra.
  3. Faço parte de 3 CTs. Quer dizer que tenho que elaborar todo mês por volta de 2 projetos para cada marca de kit digital da qual faço parte do time criativo (Creative Team). Como sou chata e exigente comigo, não gosto de repetir projetos entre eles, então necessito criar algo inédito sempre. Isso leva tempo e muita pesquisa para também não fazer projeto que a colega já fez.
  4. Eu escrevo tutoriais.  Quando você acessa meu blog ou outro site e se depara com um tutorial (PAP) meu saiba que fiz tudo aquilo (fotos tiradas, editadas, com marca d'água, e redimensionada para a web), e ainda redigi as instruções.
  5. Passo a Passo (PAP) e aulas feitos em vídeo tenha em mente que para gravar um vídeo leva de 2 a 4 horas e que ele precisa ser editado, para durar no máximo 1h30 e que para editar são mais 2 a 4 horas, que para salvar a edição leva quase 2h, que somente depois eu irei publicar online e q isso dependendo da conexão levará mais 1h30.
  6. Eu escrevo textos muitas vezes tenho que escrever textos para o meu grupo de alunos no facebook ou especificamente para alguém que pode levar um tempo enorme porque tenho que ser a mais clara possível para evitar informações erradas e de preferência citando profissionais e livros de onde tirei tal informação.
  7. Eu respondo perguntas via e-mail, Facebook e comentários do blog e da loja. E eu tento fazê-lo em um tempo razoável (24 horas ou menos) porque muitos clientes e alunos também pensam que fazemos mais nada. rsrs
  8. Eu tento me manter a par do que está acontecendo no meio, necessito diariamente dar uma geral no que está acontecendo no mercado, tendências, preços, novos fornecedores, novas ferramentas, novas técnicas, novos materiais…
  9. Eu mantenho a minha presença na mídia social hoje em dia é necessário fazer parte te alguma mídia, não só para se atualizar do que está rolando no meio como também divulgar meu trabalho e atender o pessoal ali.
    No momento só estou presente no facebook.
  10. Eu e somente eu controlo as faturas, os pagamentos, a logistica de entrega de encomendas e o controle dos materiais.  Como a Julie declara, pra mim também é a parte que mais odeio! Mas é o mal que devo fazer.
  11. Leciono aulas on-line.  Já é sabido que tenhos cursos online de encadernação, scrapdecor e cartonagem, quando a aula é comprada e o pagamento aprovado, tenho que estar a disposição do aluno até ele conseguir acessar o vídeo, uma vez que ele acessou, as perguntas precisam ser respondidas, preciso acompanhar a evolução do aluno, controlar seu acesso a aula, analisar seus projetos postados para ver se tem algum erro, e ainda  as vezes me deparo com problemas técnicos em relação ao acesso a aula que na maioria das vezes é no computador do aluno e que facilmente são resolvidos, mas leva tempo e dá uma dorzinha de cabeça.
  12. Dou aulas presenciais. Muitas pessoas esquecem, mas volta e meia aparece alguém pedindo aula presencial e tenho que me virar para preparar os kits, providenciar coffebreak entre outros detalhes.
  13. Aceito encomendas. Outra situação que as pessoas esquecem também, é que sou uma profissional que aceita encomendas e muitas vezes tenho prazos curtos para entregar.
  14. Assuntos pessoais invadem o espaço. Quem trabalha em casa sabe que não conseguimos por mais disciplinados que somos nos afastar da rotina da casa e as pessoas também não entendem que você está trabalhando e te chamam o tempo todo.

Enfim, é isso trabalhar em casa parece ser coisa de gente que só quer moleza, mas no meu caso não é.
Sei que muitas pessoas irão se identificar com esse texto como me identifiquei quando li no blog da Julie, claro que inclui mais situações que ela não vivencia, mas acredito ser um texto que relata a vida de muitos que passam por aqui.
Se você é uma dessas pessoas fique a vontade para se manifestar! rsrs

Bjkitas imensas, obrigada pela visita e comentário.

Postei ouvindo: meu sono. rsrsrs

Marcela Moreira
Designer Gráfica e Crafter

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...